Disciplinas Obrigatórias

Disciplinas Obrigatórias

Bases biológicas da patogenicidade de organismos causadores de doenças infecciosas

Disciplina obrigatória – 08 créditos

Ao longo da evolução, os organismos causadores de doenças (aqui tratados: vírus, bactérias, protozoários, fungos e helmintos) desenvolveram estratégias que permitem o sucesso da infecção. O conhecimento deste processos permite a identificação de moléculas que podem ser alvos interessantes para o desenvolvimento de drogas e que podem ser detectadas em kits de diagnostico. O curso serádividido em cinco módulos. Cada modulo compreenderá aulas teóricas, seminários e conferencias sobre bactérias (modulo 1), vírus (modulo 2), protozoários (modulo 3), fungos (modulo 4) e helmintos (modulo 5) e as doenças (epidemiologia, tratamento, possibilidade de cura) por eles causadas.

 
Curso teórico-prático de biossegurança na manipulação de organismos patogênicos e geneticamente modificados

Disciplina obrigatória – 03 créditos

A Biossegurança é o conjunto de procedimentos, ações, técnicas, metodologias, equipamentos e dispositivos capazes de prevenir, eliminar ou minimizar riscos inerentes às atividades laboratoriais ou hospitalares que possam comprometer a saúde humana, animal, vegetal e do meio ambiente. É também um conjunto de normas e mecanismos controladores do impacto de possíveis efeitos negativos de novas espécies ou produtos originados por espécies geneticamente modificadas em laboratório. O curso pretende conceituar e abordar temas do histórico de biossegurança, normatização da manipulação de organismos patogênicos, legislação na manipulação de organismos geneticamente modificados (OGMs), diretrizes e normatização da CTNBio e das CIBIOs, graus de risco de organismos e Normas para classificação de laboratórios nos diferentes níveis de biossegurança, avaliação de risco para OGMs, normas de segurança, layout/equipamentos/metodologias de trabalho nos diferentes níveis de risco biológico.

 
Desenvolvimento de biorpocessos para produção

Disciplina obrigatória – 06 créditos

O objetivo da disciplina é possibilitar que os alunos tenham uma visão geral do desenvolvimento dos processos de produção e purificação de antígenos para vacinas, tanto a partir do próprio patógeno como de antígenos recombinantes para compor vacinas de subunidades. Esta disciplina propõe oferecer aos alunos uma visao geral dos principais aspectos necessários ao desenvolvimento de bioprocessos, que inclui desde as etapas iniciais como o desenho de vetores, escolha do sistema microbiano de expressão, desenvolvimento do cultivo em frascos até o aumento de escala para biorreatores. Por outro lado, algumas moléculas, como lipopolissacarideos e polissacarideos capsulares, ainda dependem da produção a partir do patógeno. Independentemente da origem (recombinante ou nativa) e da natureza da molécula, é de suma importância o conhecimento das propriedades físico-químicas desses compostos para nortear a elaboração de estratégias de purificação. Desse modo, o curso contemplará desde o planejamento de vetores e etapas iniciais em laboratório ate o aumento de escala, abordando aspectos de biologia molecular para obtenção de proteínas recombinantes em bactérias ou leveduras, o desenvolvimento de bioprocessos (upstream e dowstream) e a conjugação química de polissacarideos, além de métodos de caracterização dos produtos obtidos quanto ao grau de pureza, imunogenicidade e atividade biológica. A disciplina também visa discutir a importância da integração de todas as etapas envolvidas na obtenção de um produto com as características e propriedades adequadas ao uso e trazer noções sobre aumento de escala. Portanto, a disciplina pretende oferecer aos alunos o conhecimento integrado dessas etapas, de forma a permitir sua participação efetiva no desenvolvimento de bioprocessos robustos que gerem um produto de qualidade com elevada recuperação e menor custo.